Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks

Sinopse: Logan é um jovem que esteve no Iraque com as forças dos Estados Unidos. Em um dia de treinamento ele encontra, no meio do deserto, uma foto de uma garota loira e linda. De início ele coloca aquela foto no mural para que o dono a encontre novamente. Mas passa algum tempo e ninguém a tira de lá, então, ele resolve tira-la de lá e guarda-la com ele. Após sobreviver a vários atentados e bombas e após vários jogos ganhos, Victor, seu amigo e também fuzileiro, tenta convencê-lo de que essa sorte sem tamanho tem vindo daquela foto. Ele era um homem de sorte graças àquela garota, graças àquela foto. Após cinco anos, seguindo o conselho de Victor, ele resolve sair em busca da garota da foto. Ele devia um obrigado a ela. Afinal, graças àquela foto, ele estava vivo até aquele dia. Porém a única pista que ele tinha era uma dedicatória atrás da foto com a inicial 'E.'. Após várias procuras na própria foto Logan consegue imaginar onde 'E.' estaria. E foi então que ele resolveu rodar os Estados Unidos inteiro à pé com seu fiel amigo Zeus, um pastor alemão.


Avaliação: ★★★★★


Um Homem de Sorte é um livro maravilhoso. Não acho que eu tenha lido um livro tão fácil e gostoso de ler. Não que eu esteja criticando os outros por serem o contrario, mas acho que em comparação a todos os seus outros livros, esse é o mais gostoso que eu já li.

O livro tem três pontos de vista: Clayton, Beth e Thibault.

Ele fala sobre Thibault, que após achar uma foto de uma bela garota no deserto de Kuwait acha que ao leva-la consigo, estaria protegido de todos os ataques. Logo após muita insistência de seu melhor amigo, Victor, ele vai à procura da moça junto com Zeus, seu fiel cachorro.

Porém, antes de chegar ao seu destino, ele se encontra com Clayton, tirando fotos de estudantes nuas e ao ser surpreendido por Thibault, e desde esse encontro, certa rivalidade começa. 

O que me deixou intrigada quando eu acabei de ler esse livro, foi que ele tomou o mesmo rumo de “A Escolha”, me fazendo ficar agoniada até a última pagina. E isso fez que o livro se diferenciasse de vários outros dele, essa originalidade de não falar na cara o que acontece.


Nicholas Sparks, mais uma vez, escreveu um livro emocionante, cativante e romântico. Para muitos, qualquer livro do Nicholas Sparks pode ser repetitivo, mas para mim, cada livro seu é diferente. Mostrando que vários tipos de amor podem acontecer.

2 comentários:

  1. É com toda certeza um dos meus livros preferidos.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente me apaixonei por esse livro também.

      Excluir